Biografia Manuel de Oliveira

Conhecido como o guitarrista Ibérico, Manuel de Oliveira entrega às suas composições os reflexos de uma alma ibérica que lhe corre nas veias sem, contudo, deixar latente um respeito, uma veneração intemporal, pelas suas origens e tradições. Com um vasto percurso internacional, é um dos mais prolíficos guitarristas contemporâneos. Do seu currículo destaca-se a edição internacional do álbum “Amarte” e a presença em alguns dos mais importantes festivais europeus – “Emociona Jazz!!” (Espanha) e “Couleurs Jazz” (França), ao lado de nomes como Brad Mehldau, Chick Corea, Mike Stern e Richard Galliano, entre muitos outros.

Manuel de Oliveira concebeu “Os Nossos Afetos”, espetáculo da cerimónia de abertura da Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura, com Cristina Branco, Chico César e Rão Kyao. O mais recente “Ibéria Live”, com os conceituados músicos fundadores do Flamenco Jazz - Jorge Pardo e Carles Benavent, esgotou o CCB e Casa da Música em 2016.

Os últimos anos têm sido de criação para guitarra solo e parcerias com a violoncelista Sandra Martins e o acordeonista João Frade. “Entre-Lugar é o álbum resultante desta colaboração, lançado a 13 de Novembro de 2020 e conta ainda com as participações especiais do fadista Marco Rodrigues, do baterista e percussionista Marito Marques, entre outros.

Manuel de Oliveira, nasceu a 7 de Julho de 1978, na cidade de Guimarães, Portugal.

Aprendeu a tocar guitarra com o seu pai, Aprígio Oliveira.

De percurso autodidata, procurou viajar e estar em contacto com outras culturas fortes da guitarra, como o Flamenco, a música sul americana e o Fado.

Gravou o seu primeiro EP em 1997 - “Praça de Santiago”, em 2002 o seu primeiro álbum de originais - “Ibéria” e em 2007 a sua primeira edição internacional - “Amarte”.

Em 2012 concebeu “Os Nossos Afetos”, espetáculo da cerimónia de abertura da Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura. No mesmo ano celebrou em concerto, “Ibéria Live”, os 10 anos da obra que marca a sua identidade. “Ibéria Live” teve edição discográfica em 2016, com lançamento no CCB e Casa da Musica.

Atualmente, Manuel de Oliveira encontra-se em digressão nacional de apresentação de “Entre-Lugar”, o seu quarto disco de originais.

Do seu percurso destacam-se ainda, “Muxima - Homenagem a Duo Ouro Negro”, projecto de sua autoria, e participações especiais em “Moda Impura” com Janita Salomé e Vitorino e em “Que Fado é este que trago”, com o fadista Hélder Moutinho.