O Projecto Muxima foi uma chama que foi crescendo ao longo dos anos que era a vontade de fazer uma revista a músicas tão emblemáticas como as do Duo Ouro Negro, que marcaram uma geração e que de repente desapareceram. Uma geração para quem estas músicas tinha muito a dizer, sobre África, sobre a sua vivência lá e também sobre a sua saída de África. Grande parte dessa população que teve que vir para Portugal em 74, viveu  a maior parte da sua vida lá e estas músicas foram parte do que conseguiram trazer e que os conseguiam fazer voltar. Não somente esta população,mas também os portugueses que na época em que o Duo Ouro Negro teve sucesso, era uma música que não era censurada e trazia alegria e cor a um país cinzento e frio. Enfim, o que me liga na realidade a estas músicas é a minha iniciação à guitarra, que foi com o meu pai e com os seus amigos, parte destas músicas estavam presentes. A minha motivação em erguer este projecto foi a minha ligação afetiva a este grupo e o facto de acreditar que ainda há um público para os recordar. E assim foi, e penso que ficou provado que tinha razão. O contacto com as músicas foi altamente emocional e foi de uma grande felicidade e o público apareceu e sentiu o mesmo. Tivemos no 2º Lugar do Top nacional de vendas, fizemos cerca de 30 concertos em 2010 e fechamos em Macau no Festival da Lusofonia. Ganhei ainda uma grande amizade com todos os artistas que participaram neste projecto que foram todos eles magníficos, quer no seu trabalho quer na sua entrega ao projecto.

Share

No comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Carregando...